Loading ...

Empatia, Cocriação e Experimentação: Design Thinking. Como irá mudar o modo como você pensa processos.

Design Thinking é um conceito que surgiu dentro do design, mas você sabia que ele pode ser usado para qualquer área. Na realidade é uma forma de pensar que ajuda a resolver diversos problemas de todos os tipos, muitas empresas investiram em investiram em Design Thinking nos últimos 10 anos e tem tido resultados surpreendentes. Com isso, surgiu um interesse em profissionais de várias áreas que buscaram aprender mais sobre o assunto e a também aplicá-lo nas suas empresas.

Em uma tradução literal, Design Thinking, significa “pensamento do design”, pode ser uma tradução muito apropriada para definir a base do pensamento dessa metodologia. Diferentemente do que a maioria das pessoas possam pensar, o Design Thinking não é recente, ele surgiu na Alemanha por volta da década de 20 quando os designers alemães na Escola Bauhaus decidiram colocaram o ser humano no centro dos processos de criação.

Esse pensamento vinha na contramão do Fordismo onde acreditava-se que eficiência estava diretamente ligada a produtividade. Os alemães defendiam que a eficiência está ligada a experiência que você entrega, essa é a base do pensamento do Designer.  Ao longo do tempo, foram criadas metodologias para entender o que cliente deseja de forma mais efetiva, explorando diversas possibilidades e somente depois disso chegar a um resultado, fazendo com que a entrega seja viável para o usuário. 

“Design Thinking é uma abordagem centrada no ser humano para a inovação, que se baseia no designer para integrar as necessidades das pessoas, as possibilidades da tecnologia e os requisitos para o sucesso do negócio.” Tim Brown

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Atualmente, o desing thinking está sendo procurado por profissionais de diversas áreas por ter tornado uma ferramenta muito eficiente na resolução de problemas, pois une a sensibilidade do design, que possui métodos focados em atender as necessidades das pessoas, juntamente com o que é possível realizar tecnologicamente, é uma combinação de mindset com plano de ação. 

Os benefícios da aplicação do Design Thinking são muitos, traz por exemplo a possibilidade de transformar o modo como as organizações desenvolvem produtos, serviços, processos e estratégias. Além disso permitem que as pessoas que não sejam designers usem ferramentas criativas para resolver problemas e identificar as melhores opções tornando as experiências mais eficazes.

A palavra chave para o sucesso do uso do Design Thinking e a EMPATIA e a VONTADE DE RESOLVER PROBLEMAS. 

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

DESIGN THINKING NA PRÁTICA

EMPATIA E COMPREENSÃO

O primeiro passo é fazer contato com pessoas tendo como base a empatia, buscando o aprofundamento no assunto através da visão do usuário, compreender o contexto e entender o problema.

DEFINIÇÃO

No segundo passo é necessário reunir as informações adquiridas na etapa anterior depois são definidas definir o problema que será analisado. Para esta fase é possível, analisar um problema de usabilidade do usuário de algum produto/serviço, por exemplo.

IDEAÇÃO

Após praticar empatia e definir o problema, no próximo passo é necessário seguir com a criação de ideias/hipóteses que resultaram no desenvolvimento do produto/serviço.

Para reunir as ideias, podem ser utilizadas como Brainstorming para estimular o processo criativo.

PROTOTIPAÇÃO

Esta fase é o inicio da consolidar as ideias, pela criação do produto/serviço com as características planejadas anteriormente, isto é, o protótipo.

Nesta etapa, são escolhidas algumas ideias (o momento do post-it) o grupo escolhe as melhores ideias e cria-se protótipo, que pode ser um desenho, uma maquete, uma miniatura de Lego, algo que se aproxime das necessidades do usuário final.

TESTE

É a fase do MVP – Minimum Viable Product (Mínimo Produto Viável), é um sistema muito utilizado por startups onde é disponibilizado uma versão mais simples do produto/serviço que é lançado com a intenção de realizar um período de teste, com custos baixos e analisar se a ideia realmente irá atingir as necessidades do usuário. Este processo é o momento de colher feedbacks e realizar ajustes.

IMPLEMENTAR SOLUÇÃO

Depois dos testes com ajustes do produto/serviço, está pronto para o lançamento. O processo de Design Thinking é baseado na melhoria continua para o desenvolvimento da solução, sendo assim a ideia pode ser melhorada através de processos colaborativos entre as partes interessadas. 

Se desejar se aprofundar no tema, tem um curso gratuito disponível na coursera://www.coursera.org/learn/uva-darden-design-thinking-innovation

Gostou da metodologia Design Thinking, já utilizou essa metodologia. Deixe seu comentário abaixo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *