Loading ...

Como fazer um bom ‘elevator pitch”.

Já imaginou entrar em um elevador com um Empresário que pode ser o seu investidor anjo e você tem 2 minutos para vender a sua ideia e conquistar o seu investidor.

Bem, essa é ideia o elevator pitch. No artigo abaixo vamos dar alguns exemplos de como e onde utilizá-lo.

Pitch é técnica de apresentação, se baseia em uma apresentação simples e bastante rápida cujo objetivo é “vender uma ideia”, essa ideia pode ser sobre você mesmo ou sobre seu negócio. Por ser uma apresentação breve, normalmente dura de 2 a 10 minutos.

Um dos objetivos do pitch é criar interesse, de alguém no seu negócio e fazer com que haja um contato posterior, por isso é uma técnica muito usada por empreendedores para as apresentações com seus possíveis investidores anjo. Entretanto, essa técnica pode ser usada por qualquer um em vários momentos, basicamente todos as ocasiões em que seja necessário convencer alguém ou vender uma ideia, como em uma entrevista de emprego, ou um vídeo de apresentação, por exemplo…

Devido a simplicidade e brevidade, normalmente um pitch é uma apresentação somente verbal sem slides, mas obedece uma lógica para atrair a plateia a comprar a ideia. Posteriormente, caso haja interesse os interessados podem entrar em contato para o desenvolvimento da ideia. A forma mais conhecida é o elevator pitch, que tem esse nome por ser uma apresentação que pode durar uma “subida de elevador”.

Para a construção dessa apresentação uma das técnicas mais utilizadas é a do Storytelling, onde você ressalta os pontos principais da sua carreira por exemplo. Caso não conheça a técnica do storytelling dá uma olhada no link abaixo que tem post bem legal falando do assunto.

Mas, supondo que um dia você encontre no elevador o Mark Zuckerberg e tivesse aproximadamente 30 segundos para convencê-lo da sua ideia e agendar uma reunião. A abordagem deve ser rápida e objetiva, segue abaixo alguns pontos que podem ajudar:

  • Seu Nome
  • Nome da Sua Empresa
  • Ramo de Atividade
  • Qual o problema que a sua empresa resolve?
  • Qual é o seu diferencial?

Para ter alguns exemplos práticos, dá uma olhadinha no vídeo abaixo que tem alguns bons exemplos de pitch de sucesso:

Agora, outro exemplo de um pitch muito bom onde não há somente um possível investidor e sim um “time de tubarões”. Esse vídeo tem duas lições: como fazer um bom pitch e como fazer uma boa negociação:

Uhmm, você não é um empreendedor. Entendi! Mas, gostaria de utilizar a técnica para fazer uma boa apresentação pessoal em uma entrevista de emprego, seguem algumas dicas:

  • Seu Nome
  • Formação Acadêmica
  • Competências e Habilidades
  • Experiências Profissionais focando nos Resultados Obtidos
  • Seus objetivos de carreira focando na oportunidade atual

Para o desenvolvimento do seu roteiro pessoal, também é possível utilizar a técnica do storytelling já mencionada acima, onde o foco serão os pontos altos da sua trajetória. Também é possível separar a sua história em blocos, como:  uma história sobre a sua adolescência, outra sobre a sua vida acadêmica, por exemplo, demonstrando o desenvolvimento a cada bloco. Por fim, um outro modo de desenvolver o seu roteiro é focando nas transições que ocorreram na sua carreira, as transições demonstram muita coisa a respeito das suas escolhas e o que as motivou.

Abaixo segue um vídeo com várias dicas de como montar um pitch para entrevista:

E abaixo um vídeo de um pitch eleito como o melhor no evento da Fundação Estudar em 2014:

Gostou do post, já conhecia a técnica? Deixe seu comentário abaixo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *